AMBEV Lança marcas alemãs no Brasil.

01/04/2011 13:10

 Notícia antiga, mas muita gente não sabe

 

A partir de junho 2010, desembarca no país três marcas vindas diretamente da Alemanha: Spaten, Löwenbräu e a Franziskaner Weissbier

Dando continuidade ao projeto de cervejas importadas da AmBev, nova unidade de negócios da cervejaria lançada em março deste ano, chegam ao Brasil cinco cervejas tradicionais da Alemanha: Spaten, Löwenbräu e ainda a Franziskaner Weissbier, com seus três tipos clássicos: Hefe-Weissbier Hell, Hefe-Weissbier Dunkel e Weissbier Kristallklar. 
O segmento de importadas representa 6% do volume global de cervejas. Há 10 anos, chegou a representar 2% do total do segmento no Brasil, mas praticamente desapareceu. Nos últimos três anos, com a estabilidade econômica e a queda do dólar, esse mercado voltou a aquecer. O potencial de crescimento no Brasil é grande se comparado com mercados maduros como o dos Estados Unidos, onde as cervejas importadas são 12% do volume vendido no país. 

“Há 10 anos, o mercado de importadas no Brasil era formado por cervejas Pílsen. Hoje, a tendência é trazer produtos diferenciados, atendendo a uma demanda do próprio consumidor”, explica Alexandro B. X. Pinto, gerente de novos negócios da AmBev. 

Neste contexto, a AmBev, assumindo seu papel de líder, já vem trabalhando para o crescimento do mercado premium no Brasil. No relançamento de Bohemia, em 2001, as cervejas premium representavam 2,5% do mercado total. Em abril deste ano, esse número chegou a 6,8% (dados Nielsen), mostrando que o mercado premium mais que dobrou neste período. 

Com a chegada da Spaten, Löwenbräu e a Franziskaner Weissbier, o consumidor brasileiro terá a oportunidade de ampliar ainda mais sua experiência e conhecimento sobre cerveja, degustando tipos diferentes com características e sabores únicos. Originárias da Alemanha, as receitas seguem a Lei da Pureza do país, que determinou, em 1516, os ingredientes básicos que devem ser usados para a produção de cerveja: água, malte, fermento e lúpulo.

As marcas importadas serão encontradas inicialmente em bares e supermercados de São Paulo ao preço sugerido de R$ 6,50 para a Franziskaner Weissbier e Spaten – 500 ml - e R$ 3,90 para a Löwenbräu – 330 ml.


Spaten

História: As cervejas da família Lager devem muito a cervejaria Spaten. Sua fundação data de 1397, algumas décadas após a possível primeira referência ao método de fabricação de uma lager. A fábrica de cerveja Spaten é a mais antiga de Munique. 
Com grandes inovações, esta fábrica chegou a ser uma das maiores da Alemanha. Em 1821, foi aí instalada a primeira máquina a vapor na Baviera. 
Por ordem de Gabriel Sedlmayr, Carl Linde construiu em 1873 a primeira máquina de refrigeração para fazer gelo artificial que funcionava permanentemente. Até esta data, fabricar cerveja de baixa fermentação só era possível no inverno ou com gelo dos rios que era armazenado em caves ou poços, por isso a produção era muito limitada. Com a industrialização a fábrica Spaten foi também uma das primeiras que começou a exportar os seus produtos e hoje a cerveja Spaten é comercializada em todo mundo. Produzida segundo a Lei da Pureza, Spaten é uma cerveja tipicamente da Baviera de alta qualidade.

Características: Cerveja tipo munchen helles, de cor dourada, cristalina e muito transparente, a Spaten é leve, de aroma fresco e com boa formação de espuma. Traz um sabor maduro, fresco, notas de malte e é ligeiramente herbácea. 
Possui teor alcoólico de 5,2% e bem encorpada.

Harmonização: Por ter um sabor maduro, fresco, notas de malte e ser ligeiramente herbácea, é a cerveja ideal para acompanhar aperitivos, pratos condimentados, (amargor mais acentuado intensifica a percepção de pratos apimentados) e peixes fritos. Vegetais, como por exemplo brócolis, também formam uma boa combinação.


Löwenbräu

História: Surgiu em 1383, com a Hospedaria do Leão "Zum Löwen", passando a se chamar Löwenbräu somente em 1818. No ano de 1524, em Munique na “Cova do Leão” foi construída uma fábrica que mais tarde, foi famosa em todo o mundo. No fim do século dezenove a fábrica Löwenbräu foi a maior da Alemanha e líder na exportação de cerveja. 

Características: A cerveja Löwenbräu Original é uma típica cerveja de Munique, do tipo lager com coloração amarelo claro e delicadamente amarga. É refrescante, ligeiramente seca, revelando sutis notas de cereal. O seu sabor é revelador de bastante corpo e uma lupulagem suave que a torna agradável de beber.

Harmonização: Por ser delicadamente amarga, a Löwenbräu combina muito bem com aperitivos, frituras e carnes vermelhas


Franziskaner Weissbier

História: Esta é uma das cervejas de trigo mais conhecidas do mundo, com mais de 600 anos. As cervejas de trigo têm uma longa história. Os Babilônios já apreciavam esse tipo de cerveja, que é obtida através de alta fermentação, maneira mais antiga de se fazer cerveja.

Características: A Franziskaner se distingue pelo seu agradável nível de carbonato e sabor, deixando uma sensação refrescante. Pelo fato de conter menos lúpulo, quando comparada com a maioria das Pilsen, as cervejas do tipo weiss proporcionam uma sensação gustativa mais suave e frutada. O processo de filtragem permite a presença de fermento após o envase o que, além de dar uma aparência turva à cerveja, promove a refermentação na própria garrafa em um processo similar ao das champanhes.

Ritual para beber: Um dos charmes desta bebida é seu ritual de consumo. Depois de servir quase todo o seu conteúdo, em copo personalizado para a bebida, deve-se fazer movimentos circulares com a embalagem para que a levedura, depositada ao fundo, se misture ao restante do líquido e só depois serve o que restou na garrafa, formando uma deliciosa espuma.

O copo é outro diferencial da cerveja de trigo. Com um formato mais alongado, sua parte superior é mais bojuda do que os copos comuns para evidenciar a espuma densa. Ela protege a temperatura e mantém o sabor e o aroma da cerveja. Detalhe: a tradição alemã diz que o brinde deve ser feito com a parte inferior do copo. O copo da Franziskaner Weissbier, poderá ser encontrado nos bares que comercializam a bebida. 

A marca Franziskaner apresentará três tipos de cerveja no Brasil: A Hefe-Weissbier Hell, a Hefe-Weissbier Dunkel e a Weissbier Kristallklar. 


Franziskaner Hefe-Weissbier Hell

Características: É uma cerveja de cor dourada e opaca cujo sabor condimentado e refrescante se deve à presença ativa do fermento dentro da própria garrafa. Ela apresenta uma espuma abundante, branca e cremosa, obtendo-se no copo uma liberação de gás carbônico, a qual produz um efeito de vivacidade e frescor da cerveja.

Harmonização: Este tipo de cerveja harmoniza muito bem com salada, com frutas german-style. Excelente combinação com pratos alemães.


Franziskaner Hefe-Weissbier Dunkel

Características: É uma cerveja de cor caramelo e aspecto opaco, semelhante à Franziskaner Hefe com um sabor ainda mais intenso de malte. Devido aos grãos de trigo torrados e adicionados no seu processo de produção, Franziskaner Dunkel possui um sabor marcante e um pronunciado aroma torrado que agrada aos amantes de cerveja escura de todo o mundo.
Traz um aroma marcante é encorpada e refrescante, seu teor alcoólico é de 5,0%. 

Harmonização: pratos com características marcantes, como por exemplo carne de porco, massas. 


Franziskaner Weissbier Kristallklar

Características: cerveja de trigo que não tem uma base de fermento na garrafa, isso acontece devido a uma filtragem especial. Além disso, a Franziskaner Kristallklar possui o mais alto grau de carbonatação dentre os produtos da cervejaria Franziskaner. Como resultado temos uma cerveja de trigo cor cristalina de sabor leve, refrescante e com aroma levemente frutado.

Harmonização: Harmoniza muito bem com queijos frescos e leves (tipo cottage, ricota ou cream cheese), também combina com carnes brancas e grelhadas (frango ou peixe). 

 

Fonte: http://confrariabagual.blogspot.com